Técnica de laboratório da Regional de Saúde do Guará morre de Covid-19

Tânia Cristina Silva Araújo trabalhava no laboratório da UBS do Guará II. É o segundo profissional de saúde da cidade que morre por contaminação do vírus

Mais uma morte por coronavírus entre servidores da Regional de Saúde do Guará. Depois do enfermeiro Antônio Junior Araújo Silva, em 20 de junho, nesta terça-feira, 4 de julho, a Covid-19 levou a técnica de enfermagem Tânia Cristina Silva Araújo. Ela era servidora da Secretaria de Saúde desde 2013 e trabalhava como técnica de Laboratório na Unidade Básica de Saúde (UBS) da QE 23 (ao lado do posto de combustíveis da orla do Guará II).

A morte da servidora foi lamentada pela Superintendência da Região de Saúde Centro Sul, a que a Regional de Saúde do Guará está subordinada, e pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal (SindSaúde), através de notas de pesar.  Os dois órgãos lembram que Tânia era querida pelos colegas da rede, “principalmente por ter sido ética, discreta, paciente, tranquila, honesta, responsável e alegre”.

Tânia será homenageada pelos colegas de trabalho nesta quarta-feira, 5 de agosto, quando todos vão aparecer de jaleco, máscara, gorro, óculos e/ou Face Shield no estacionamento da Unidade Básica de Saúde 2 (UBS) do Guará 2, quando será feito um “abraço fraterno” em torno da imagem da técnica de enfermagem.

De acordo com a nota do SindSaúde, segundo dados da Secretaria de Saúde, 4.039 profissionais de saúde tinham sido contaminados pelo novo coronavírus, entre trabalhadores da rede pública e privada. Desse total, 16 tinham perdido a vida após contato com a doença.

Fonte: jornal do Guará

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem