Lideranças do Guará e Bandeirante relatam momentos de angustia após contraírem coronavírus

Várias lideranças locais contraíram a covid-19, mas algumas delas já se recuperaram, exceto Zé Orlando, ex-administrador do Guará que está em um hospital particular há mais de um mês

Os números da covid-19 na região do Guará e adjacências continuam altos. Somente na Região Administrativa 10 (RA 10), o número de infectados já beira os cinco mil, e a cada dia, sempre tem mais e mais gente com o novo coronavírus. No Núcleo Bandeirante, embora os dados ficam distantes do Guará, a situação também preocupa e a cidade já contabiliza 955 infectados até o dia 6 deste mês de agosto.

É nesse contexto que nem as lideranças locais escaparam do novo coronavírus. Nos últimos três dias, novas personalidades falaram ao Blog do Amarildo sobre a sensação de ter sido infectadas e qual foi a reação.

O ex-administrador da Candangolândia, Jean Costa foi um dos infectados. Entre as quatro lideranças da cidade ouvidas pela reportagem, ele foi o que mais sentiu os efeitos do vírus. Ficou quase quinze dias em um hospital, chegando a estar na UTI. Mas agora está em casa e se recupera bem.

No Guará, o sargento do Corpo de Bombeiros Jeferson Maximino, o ex-administrador da cidade, Edberto Silva e o ativista cultural Miguel Edgar também foram contaminados. Dos três, Edberto Silva e Maximino foram os que mais sofreram, mas não chegaram a ficar internados, tendo seguido o protocolo do tratamento em casa.

Já Miguel Edgar praticamente nada sentiu e foi diagnosticado após exame de precaução por causa de um filho pequeno.

Fonte: Blog do Amarildo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem